quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Mais guitarras com o IGAP.

No mesmo dia 6 de outubra,
eu voltaria a receber a turma do Técnicas de Gravação do IGAP. Aula do dia? Mais guitarras. Mais uma vez recorri aos parceiros. Liguei ao Ray Z e na maior cara dura pedi o seu belíssimo violão Martin emprestado para a aula, assim como sua Gibson Les Paul Custom e Fender Stratocaster Deluxe. Ele emprestou sem problemas e ele sabe que sou-lhe muito grato por isso. Em posse destes instrumentos e do conhecimento adquirido na aula do Nando Pontin, começamos com as guitarras e com todo mundo muito empolgado pela aula, que todos parecem gostar muito. Assim, foi fácil escolhermos o instrumento correto, amplificador correto e caixa correta. Logo depois foi vez de ouvir os microfones mais básicos usados para a tarefa, posicionamentos e alguns dos tratamentos mais padrões. Uma vez decidido gravamos 2 takes para nossa trilha. Hora do violão. Também fácil. Com esse é praticamente impossível tirar um som ruim como já declarei diversas vezes aqui no blog. Testamos microfones, técnicas e posicionamentos. Para nossa trilha, gravamos 2 takes para uma base com bastante ambiência, com a sala bem aberta e microfonação mais afastada, e gravamos também 2 takes mais intimistas e na cara, com uma microfonação bem focada, próxima e com a sala mais fechada. Por último ainda experimentamos uma microfonação stereo e gravamos uma trilha para o solo do nosso tema assim.
Começávamos a chegar perto de termos o material necessário para começarmos a brincadeira de mixar. Minha etapa preferida!

P.S.: Havia acabado a bateria da câmera e esqueci de bater com outra, de forma que só me sobrou uma foto. =/

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!


0 comentários: