quarta-feira, 6 de julho de 2011

Leeberando uma lembrança!

Quarta-feira 6 de julho.
A vida é uma caixinha de brinquedos já dizia Joseph Climber, mas nem sempre prega peças de carácter duvidoso não. Durante os trabalhos com a banda Mandala, o Mr. Bomberman, Max Pereira, na época baixista da banda, havia me contado, "que legal, meus primos já falaram bem do audioFARM pois gravaram aqui". Juro que cavoquei até as mais empoeiradas estantes da biblioteca chamada memória em busca de um retrato dos "primos do bomber". Nada. Mas, achava que sabia quem eram. E eram! Quando o Allan Marcel e o Jean entraram no estúdio... O Jean até não, mas o Allan, estufado de uma comida altamente calórica vulgarmente chamada "casamento", meu cérebro alertou, "sim, conheço esses magrões!". Quando finalmente o verbo solto em nosso bom e velho vernáculo gaudério desanuviou a lembrança, foi que pudemos por a prosa em dia! Foi muito legal poder rever os guris e voltar a abrir as porteiras do rancho pra eles, uma certa nostalgia me trouxe saudade de alguns anos e pessoas como meu irmãozão de mãe e pai diferentes Raul Dressler. Mas bóóóóra que o tempo urge! Missão? Captação de bateria. Para tanto faziam-se presente, é claro, o grande Ray Z e o batera pois não, Estevan.
Sala Chimango, ambiência pequena porém totalmente aberta, o kit foi a Tama Rockstar do ___. Antigona, muito legal, absurdamente bem cuidada e com um sonzão com requintes de vintage rock. A configuração ficou assim:
Bumbo - AKG D112 - audioFARM Electronics A312 - Manley Massive Passive - Universal Audio 1176.
Caixa - Shure SM57 (transformerless) - Universal Audio LA610.
Esteira - Shure SM57 - Avalon VT737sp.
Tons, com um pouco de damping aplicado - Sennheiser MD421II - Focusrite ISA428.
Overheads - Shure KSM109 (com as cápsulas atenuadas) - Focusrite/Digidesign Control 24.
Room mic (ambiência, em mono desta vez) - Rode K2 - Focusrite ISA428 - Manley Massive Passive - Universal Audio 1176.
Daí foi barbada. O ___ estava com o arranjo na ponta da baqueta e com muito bom gosto foi lá e aniquilou a pênis! Devo mais uma vez lembrar que o fone de ouvidos Direct Sound Extreme Isolation EX29 é maravilhoso e que todo estúdio iria se beneficiar tendo um. Ao fim da sessão ainda editamos o material e voilá, missão cumprida! Bóra que no outro dia continuaríamos.

Forte abraço!
Life's too short for bad tones!




0 comentários: