domingo, 15 de maio de 2011

Super D.I.!

Bóra que o tempo não para já dizia lá o poeta... Era segunda-feira dia 9 e eu voltava a receber o grande Ray Z e o Ney Francisco para dar continuidade às captações do material da banda Ballahalls para a produção do seu novo single. E eram coisa de 19 horas e chegavam por aqui toda a trupe. Missão? Captar a baixaria... E o Ney veio empolgado... E armado! O tarado trouxe além dos instrumentos, um Fender Jazz Bass e um Rickenbacker, um D.I. impressionante, o Avalon U5... Esse D.I. além de absurdamente transparente e silencioso possui um "EQ de um botão só". Trata-se de filtros pré-selecionados selecionáveis através de um único knob. Som lindíssimo e muito versátil, tanto que serviu de base para gerarmos todos os sinais que estávamos captando. O sinal do U5 mandei diretamente ao conversor Digidesign 192, uma cópia enviei ao pedal do meu amigo James, o Meteoro MPX500, este gerava nosso sinal "podrão", um sinal com uma boa dose de saturação e enviava ao Focusrite ISA428. Outra cópia enviei ao Universal Audio LA610 e por último, mais uma cópia foi enviada ao amplificador Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head em "bass mode". Em outras palavras, no pré-amplificador, ECC803 no primeiro estágio, ECC 802 no segundo estágio, 6L6GC no power amp, loop de negativação ativado e lo-cut desativado. Este enviava o sinal à caixa 4x12 Marshall JCM900A dentro da sala Maragato. Este sinal era então transportado ao Pro Tools via os seguintes combos: Cascade Gomez e Avalon VT737sp, e Manley Reference Cardioid com o Neve Amek Purepath CIB. Totalizando 5 fontes para brincarmos como quisermos! Ficou um absurdo de legal! Daí era a parte boa da coisa, senta o dedo aí! E assim o fez o Ney, e sobre o ouvido atento do Ray, rapidão a coisa toda já estava resolvida. Pronto? Ainda não. Hora de captarmos umas trilhas de violão. O Ray sacou o Martin... Como já disse em outros posts, esse violão é complicado... É BEEEM difícil achar um posicionamento em que o som dele fique feio, de forma que agarrei o Manley, testei uma ou duas posições, mandei o sinal ao LA610 e voilá! O Ray deu uma passada pela faixa e logo já tínhamos as duas trilhas que queríamos! Fácil!
Como de praxe com o pessoal, mais uma noite agradabilíssima e com muitas risadas!

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!















0 comentários: