sábado, 16 de abril de 2011

Texturizando teclas parte 1...

Sexta-feira...
14 horas mais ou menos e eu abria as porteiras do rancho para voltar a receber o André Bertonchelli, mas calma, hoje ele não vinha para apertar teclas, e sim para me ajudar na texturização das trilhas MIDI para o disco da Teto e Muro. Foi um dia muito bacana pois fiz algo que não costuma acontecer com tanta frequencia. Começamos realizando uma boa edição nas trilhas para somente então iniciar a texturização. Eu explico. Eu separei as trilhas em dois tipos, trilhas sintéticas e orgânicas. Para as sintéticas acertamos os detalhes da timbragem e então busquei torná-las o menos plásticas possível, sempre tomando cuidado com o big mono. Para as trilhas orgânicas é que a coisa ficou interessante, nestas trilhas estavam instrumentos como os pianos rhodes, os órgãos hammond, os pianos wurlitzer, os sintetizadores moog, e todo tipo de piano elétrico. Acertamos a timbragem de cada um e em raríssimos casos em que eu queria um sinal stereo, nos quais mandei o sinal para serem processados diretamente ao Avalon VT737sp, fizemos os ajustes necessários e então enviei o sinal ao amplificador Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head, este, enviando à caixa 2x12" Serrano Amps e seus falantes Jensen dentro da sala Maragato sem qualquer ajuste na ambiência. Eu quero a sala e com som de sala. Objetivo? Dar vida às trilhas. Para o transporte ajustei o Cascade Gomez e o Shure SM57 sem transformador. Como o filho retornou à casa, enviei o sinal do Gomez à sua nova alma gêmea, o audioFARM Electronics A312. O filhote, ainda um protótipo, agora encontra-se com uma frente temporária de madeira e fui forçado a sorrir novamente ao voltar à ouvi-lo. O SM57 enviei ao Universal Audio LA610. E aí foi que começou a brincadeira... Trilha após trilha, sempre ouvindo o que o tema pedia e lendo nossas anotações, íamos fazendo os ajustes conforme o planejado, horas no amplificador, alterando os controles, low-cut, ativando ou desativando o loop de negativação, adicionando o Fulltone Fulldrive 2 Mosfet ao sinal ou não, alterando ajustes de equalização e compressão, adicionando ou retirando os Universal Audio 1176 como mais um estágio de compressão... Volto a dizer... O A312 é muito legal! A forma como ele se "auto-comprime" conforme o ganho aumenta faz com que muitas vezes eu nem sequer precisasse de um 1º estágio de compressão!
E ficamos nessa função, indo e vindo até o início da noite quando demos por encerrada a sessão para continuarmos amanhã.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!






0 comentários: