terça-feira, 5 de abril de 2011

Gravando as baterias da Emanuel.

Vamos que vamos que tá tarde o tempo urge e temos pressa!
Sábadão! E lá pelas 14 horas eu começava a função aqui no rancho. Missão da sessão? Captar as trilhas de bateria para o 1º tema da banda Emanuel. Pois bem, os guris, Samuel Lima, Bruno Latorre e o Felipe chegaram logo em seguida e tivemos bastante tempo para por o papo em dia enquanto eu organizava a sessão. Vamos então ao plano para que todos possam entender. A sonoridade que eu buscava era algo bem atual e moderno, muito brilhante e com muito foco. Com uma certa dose de plasticidade mas ainda orgânico. Porém isso vou acertar durante a mixagem. A Emanuel é uma banda gospel com requintes de heavy metal e que não pretende se prender a uma temática, estilo ou textura, de forma que pretendo explorar isto. Pois então, para tanto optei por um setup bem brilhante de pratos e criei um cubículo bem reflexivo de altas, com pouca densidade para manter bastante o foco dos instrumentos. Levei bastante tempo acertando a afinação dos tambores, do bumbo e da caixa, que desta vez optei pela RMV Bullet Custom de Bapeva. Depois ainda levei mais algum tempo acertando corretamente o damping nos tambores para que enfim eles estivessem soando como eu queria, e então parti para o transporte. Desta vez a coisa ficou assim. Para o bumbo, AKG D112 enviando ao Neve Amek Purepath CIB, ficou muito legal e consegui bem o som que tinha na cabeça com poucos ajustes no posicionamento. Na caixa utilizei meu Shure SM57 sem transformador e enviei o sinal ao Universal Audio LA610, ficou lindo também! Tenho percebido cada vez mais que no áudio, os opostos se atrae! =) A esteira enviei ao Avalon VT737sp com um SM57 padrão e daí veio minha surpresa, mas na verdade não sei porque fiquei surpreso ao ver o Avalon tirar o som mais lindo de esteira que já ouvi! Afinal, é um Avalon ora bolas! Para os tambores, Sennheiser MD421II enviando ao Focusrite ISA428 em impedância média. Os overheads em X/Y, usando Shure KSM109 enviei aos outros 2 canais do ISA428 aproveitando o excelente filtro de baixas da unidade. Os room mics foram os Shure KSM44 enviando aos pré-amplificadores da Digidesign/Focusrite Control 24 e em seguida aos Universal Audio 1176. Por último, o hi-hat, captado através de um Rode NT5 enviei a outro pré-amplificador da Control 24 e em seguida ao DBX 160A. Poucos ajustes aqui e acolá e pronto!
Senta a mão aí! E assim, foi. Não mais que um par de horas depois e alguns takes e eu já tinha o que eu precisava!

E foi isso!
Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!










0 comentários: