terça-feira, 22 de março de 2011

Mais guitas!

E durante o sábado e domingo?
Bem, daí era dia de voltar à receber os guris, e gurias, da Overvolt e dar continuidade às captações de guitarra do seu Dudu. Veio a turma toda pois faríamos um churrasco logo após. Sim, todo mundo, Guilherme Paranhos, Lucas Farias, Celso Zanini, Glauco Guimarães e Eduardo Rimolli. Mas vamo que vamo! Tínhamos um arsenal nas mãos, mas algumas das ferramentas estariam conosco por pouco tempo e eram ferramentas importantíssimas, de forma que nos concentramos em captar todo o material no qual elas emprestavam seu charme ao DNA musical, e, dessa forma, também nos concentramos em captar boa parte dos sons limpos, ou seja, dia do Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head brilhar, junto do Fernando Pontin AC15 e seu tremolo válvulado. Bem, e como foi? Marshall JCM900A ao centro da sala Maragato. Microfones? Cascade Gomez, Sennheiser MD421II e, de volta à ativa, Shure SM57 sem transformador! \o/ Sim, abri mais um e refiz a cirurgia plástica! hehe. Gomez enviando ao seu bom e velho companheiro Universal Audio LA610... Antes que perguntem, sim, o audioFARM Electronics A312 está na fábrica, A.K.A. Nando Pontin hehe. SM57 mandando ao Avalon VT737sp e MD421II enviando ao Neve Amek Purepath CIB. Os dois primeiros sempre passavam por um segundo estágio de compressão nos Universal Audio 1176. Bem... Em cada trilha algo mudava, seja guitarra, regulagens no amplificador, nos efeitos, nos pedais, enfim, as coisas mudavam de forma que diversos ajustes eram necessários de trilha para trilha, com uma atenção redobrada à interação entre os estágios de compressão. Fazer uma pequena lista do que foi usado iria gerar muitos nomes, de forma que a melhor forma de fazê-lo é mostrando fotinhos! Bem, gravamos bastante coisa, pomos o papo em dia, rimos muito e comemos um churrasco que obviamente levaria à um carreteiro com cerveja no dia posterior hehe.

Foi por aí. Forte abraço!
Life's too short for bad tones!




















0 comentários: