quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Diferente vozes... Diferentes comps.

Mazaaaaaaaaah!
Se babem! Vou conseguir por em dia os posts!! Ok que são quase 4 da matina, mas consegui! \o/
Que fizemos hoje? Pela manhã dormi me recuperando da gripe, mas não antes de deixar a sala Maragato pré-montada para a empreitada de hoje... Gravar as vozes de Fabrício Beck para o 4º disco da Vera Loca. E pelo meio da tarde abriam-se as porteiras do rancho para receber o Fabrício, o Ray Z e o Hérnan Gonzalez. Após aquele rápido bate-bola expliquei ao Ray e ao Fabrício meu desejo e os porquês de querer captar voz e ambiência juntos ao invés de fechar a sala e captar uma voz "morta". Com a idéia aprovada e todos de acordo parti para o transporte. Posicionei o Manley Reference Cardioid com o pop-filter da CAD feito de pano... Inicialmente mandei o sinal ao Avalon VT737sp e então ao Universal Audio 1176. Não funcionou muito bem e passei o sinal ao Neve Amek Purepath CIB, fiz alguns pequenos ajustes de equalização e a daí a coisa começou a pintar. Ajustei os 2 estágios de compressão, mas dessa vez o raciocínio foi diferente... Lá pelas tantas passamos a utilizar o pop-filter de metal Stedman ProScreen XL e logo em seguida o removemos por completo, isso trouxe vantagens, o brilho e o ar realmente pintaram porém, com os transiêntes agora completos e inobstruídos passei a ter mais picos e mais intensos, de forma que os compressores opto não funcionariam para a tarefa, assim, no 1º estágio, ainda no Amek, programei o compressor para que atuasse, digamos assim, não na cabeça do transiênte, mas no pescoço e com um release também não tããão rápido... Este estágio agindo de leve, entre 4-6 dBs quando atuando. No 2º estágio, o rapidissíssimo 1176, em configurações extremas, attack e release ultra-rápidos, e sacando fora entre 3-9 dBs. Depois que as válvulas se estabilizaram e o Fabrício ficou confortável com a mixagem dos fones de ouvido, a coisa realmente brilhou e matamos a pau! Tava lá um tijolásso de voz! O plano eram 3 sons... Fizemos 7!! =)
Quase esqueço, utilizei uma segunda cápsula para a tarefa, o Rode K2, o sinal deste enviei ao Universal Audio LA610 e dei bastante ênfase aos médios, em especial aos médio-graves e procurei uma boa dose de saturação, dureza e maldade mesmo, para que captássemos uma característica diferente da voz do Fabrício que nos será útil mais à frente no projeto! ;)
O Fabrício cantou pra cajado de forma que depois de acertar as coisas foi quase monótona a tarefa de gravar hehe. Exceto pela boa companhia obviamente.

Um forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!





0 comentários: