sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Lasombra. Jogo dos Santos parte 2.

...Continuando...

Acordamos... Bóra!
Enquanto o capanga, vulgo Eduardo Sarrafo, preparava a bóia, um belíssimo de um carreteiro, nós juntávamos nossos próprios trapos de corpos e dávamos re-início aos trabalhos, isso, lá pelo meio-dia do domingo. Missão? Guitarras, vozes e teclados. Bastante material, então corremos.
Utilizei a mesma montagem da 4x12" Marshall JCM900A dentro da sala Chimango. Adicionei um Shure SM57 sem transformador e fiquei com 3 microfones. Cascade Gomez enviando ao Universal Audio LA610, Sennheiser MD421II enviando ao Neve Amek Purepath CIB e o SM57 enviando ao Avalon VT737sp. Novamente eu procurava aquela coisa do vintage-modern de forma que optei pelo uso do Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head como amplificador para a missão. Não vou lembrar ao certo que combinações utilizei, mas busquei evocar sonoridades clássicas. Utilizei também o rack de efeitos T.C. Electronics M-One e o Fulltone Fulldrive 2 Mosfet para chegar ao que eu tinha em mente. Conforme buscávamos essas tais características ditas clássicas, usamos e abusamos da idéia de emular os amplificadores de outrora e seus reverbs de mola... Seus vibratos... O Alex demoliu a pênis, e sem descanso foi gravando as trilhas uma à uma... E foram varias. Horas armado de sua Washburn N2 com captação DiMarzio, o que deu a cara modern à sonoridade vintage, horas armado de minha Epiphone Les Paul Signature e horas armado de minha Tagima T735S, íamos fazendo pequenos ajustes conforme as camadas iam "pedindo" e algumas horas depois, quase pronto... Havia uma sonoridade que surgiu durante a pré-produção do tema que eu queria para uma das trilhas e tratei de recriá-la fazendo tudo exatamente como havíamos feito durante o encontro da pré-produção. Preparamos a sala Maragato exatamente como no encontro. Mesma guitarra, mesmo posicionamento, mesmo microfone, o Shure KSM44 "ouvindo" a sala toda em padrão omni... Mesmo tudo. Daí sim. Pronto. Hora das vozes. Decidimos por começar com o Felipe e daí foi barbada, não tive dúvidas, já que o bom moço é responsável pelos vocais guturais, fui direto pegando o Rode K2 e enviei o sinal ao Universal Audio LA610. Saturou lindo! Na cara. Muito agressivo e ao mesmo tempo com um "q" de "antigueira". Após acertarmos algumas idéias e considerações, o rapaz se tocou a berrar, e põe berrar nisso! Ficou muito legal! No meio da coisa toda ainda deu tempo para rir um pouco com uma sessão de Alvin e os Esquilos e de "diabismo" hehe. Bora por o Josué a cantar. Para ele optei pelo Manley Reference Cardioid enviando o sinal ao Avalon VT737sp... Eu queria harmônicos... Muitos, além do botão de agudos do equalizador do Avalon hehe. Ajustei o sinal com a compressão lenta e natural do opto-compressor do Avalon e logo em seguida domei os picos com a velocidade do compressor tipo FET Universal Audio 1176. Lindo também. O Josué matou a pau! Encarnou o personagem e fez uma interpretação matadora! Ficou muito massa!
Continuava a corrida... Hora dos teclados, logo, mais trabalho pro Josué. Eu já havia decidido de antemão por captar todos os sinais via MIDI e fazer a geração dos timbres e programações 100% in-the-box com calma e tranquilidade posteriormente. Quando vi o tempo apertando tive ainda mais certeza da decisão. Discutimos as trilhas, revimos as idéias e começamos. O Josué gravou então linhas de piano, hammond, violinos, sopros e demais orquestrações, e em meio a muito euforia, pois a coisa ficava mais legal e tomava mais forma à medida que íamos adicionando as linhas, registramos também uma guia de gaita. E daí sim, lá pelas 23:30 horas e com o tempo esgotadíssimo pois os guris tinham compromisso cedito encerrávamos a sessão com a missão cumprida. Nos despedíamos então de um fim de semana muito trabalhoso e bastante cansativo sim, mas muito divertido, prazeroso e em nenhum momento estressante. Valeu pela oportunidade gente.

P.S.: Ganhei um vinho de presente do pessoal! \o/
Valeu povo!

Um forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

















0 comentários: