domingo, 31 de outubro de 2010

Baixando o sarrafo na Start Select!

Aeeeeee!
Sabadão... Dia de voltar à abrir as porteiras do rancho e receber um ansioso Yuri Pospichil para iniciar as captações das trilhas de baixo para o futuro disco debut do pessoal da banda Start Select. Eram 14 horas quando chegavam por aqui o Rafael Zucatti, o Yuri, o Rodrigo Dias e o Will. Bem, vocês já sabem da missão, então bóóóra!
Rápido bate-bola, discutimos o plano e comecei a montar o setup da sessão, que ficou muuuuuito legal, bonito e interessante! Comecei acertando o Camaleão, sim, esta é a nova alcunha que dei ao amplificador Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head. Para a empreitada pûs ele em "bass mode" hehe, Teslas ECC803 e ECC802 no 1º e 2º estágios de pré-amplificação respectivamente. No power amp, um par de 6L6GC. Loop de negativação ativado e acertado para uso de válvula 12AU7. Posicionei então a 4x12" Marshall JCM900A dentro da sala Maragato, totalmente aberta e ao centro, e deixei o Yuri pirando na batata só ele e o amplificador. Após brincar um pouco e termos uma idéia nos reposicionamos dentro da sala Farrapos, o sinal do baixo foi então separado em 3 vias distintas: 2 sinais de linha, 1 totalmente limpo, sendo enviado ao Universal Audio LA610, 1 passando pelo pedal pré-amplificador Meteoro MPX500, que gosto bastante e que me foi gentilmente cedido pelo grande amigo James da banda Draco, desde já valeu à mão, este sinal foi enviado ao Avalon VT737sp, e, por fim, 1 sinal sendo enviado ao amplificador dentro da sala. Lá dentro, realizei o transporte com 2 microfones, o Cascade Gomez enviando diretamente à um pré-amplificador da Focusrite/Digidesign Control 24 e 1 Sennheiser MD421II enviando ao Neve Amek Purepath CIB. Ainda deixamos em standby no circuito o Fulltone Fulldrive 2 Mosfet ativando-o conforme necessário. E daí começou a festa. Armado do seu Giannini Super Sonic, muito bem regulado e absurdamente silencioso, demos início às captações. Tema à tema, íamos conferindo os registros das pré-produções e minhas notas nas planilhas de produção e assim, fazendo os ajustes necessários à cadeia de sinal adequando a sonoridade ao tema e/ou trilha em questão. O Yuri aniquilou a pênis pois, embora fosse realmente uma quantidade quase sobrenatural de material, ele conseguiu dar um jeito de matar 50% da missão em uma única sessão, sempre com a atitude, feeling e groove corretos! E lá pelas 22 horas, cansados e com fome, demos por encerrada e sessão. Hora de ir pro buteco e os guris de fazer uma longa viagem de volta hehe.


Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!


























0 comentários: