terça-feira, 30 de novembro de 2010

Iniciando o Jogo dos Santos.

Foi dada mais uma largada!
É, dessa vez foi o pessoal da banda Lasombra de Montenegro/RS, mas vamos do começo. Domingo passado foi a data de nosso 1º encontro *blink blink*, porém, muito antes disso, já vínhamos trocando e-mails com todo tipo de informações referentes à banda e o projeto, para que pudéssemos dar início a pré-produção deste novo single do povo. Projeto para lá de interessante que envolve um crossover artístico de artes integradas, para os curiosos, recomendo muito dar um pulo no MySpace do povo para entender melhor a idéia toda. Como eu tinha um bom punhado de idéias na cachola para compartilhar com o povo, estava bastante ansioso com o encontro.
A "maldição da primeira vez" porém, não poupou os Montenegrenses e eles quase pararam na praia antes de conseguirem aportar no rancho hehe. E lá pelas 15 horas somente é que eu abria as porteiras do rancho para dar as boas-vindas ao Henrique Giaretta, ao Alessandro W.H., ao Rafael Kniest, ao Josué Flach e ao Felipe Dill. Aquele bate-bola tradicional, apresentações e tudo o mais, e bóra trabalhar! Todo mundo pra dentro da sala Maragato em volta do Shure KSM44. Em poucos minutos tudo já estava montado e pronto, e todos, inclusive eu, loucos para começar...
Enfim, como de praxe, nesta etapa não tenho muito o que revelar, exceto que ficamos em cima do tema por umas 4 horas, me diverti bastante e, entre o registro e audição das idéias, excelentes discussões, e muita empolgação, o tema desabrochou mais algumas pétalas, tomou direção com passos mais firmes, tirou o pó do paletó, incrementou-se com relógio, monóculo e cartola e agora está ficando mais que bacana!!
Só o que posso dizer por enquanto é. Ouvidos... E olhos atentos! ;)
Tive que despedir-me na correria dos guris porque o domingo ainda me reservava o encontro para trabalhar com outros amigos! =)
Sábado e domingo volto à receber os guris da Lasombra, mas dessa vez eles ficarão devidamente hospedados aqui no rancho para darmos início as captações.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!















Leia Mais…

Una cancion lamada Otoño!

...Terias acabado o sábado?
Não. Era hora de receber o Kiko Prata, o Everton Acosta e o Nando Áres para continuar captando vozes para a banda Mandala. Dessa vez la mission era grabar la voz da cancion lamada Otoño hehe. Perdoem-me mas, sim, eu ri muito, como sempre rio ao fazer trabalhos em lingua portenha, não por mal. Mas enfim, montei o set para captação das vozes como nas sessões anteriores, alguns pequenos ajustes aqui e acolá e daí sim, ferro na boneca! Após finalizarmos as captações dessas vozes partimos para a parte difícil da sessão... Comer um churrasco hehe, que aliás, saiu às 3 da matina e acabou as 5 e 30 mais ou menos com todo mundo de bucho bem cheio.

E foi isso pelo sábado! Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!





Leia Mais…

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Enfim... Um novo Punk ROCK!

E fale-se em cansaço...
Vamos nessa. Foi nesse sábado passado que voltei a abrir as porteiras do rancho para receber o pessoal da banda Ladros para mais um encontro. Missão? Acertar os detalhes das mixagens do EP da turma e captar as últimas trilhas de guitarra. Vieram para a empreitada o Vitor Ramires, o Gabriel Ramires, o Jonas, o gosmento do Marcel Bitencourt e dessa vez, para ajudar-nos durante as captações dessa sessão, o Murilo Bittencourt, irmão do gosma e que não aparecia aqui pelo rancho havia pelo menos 6 anos... Após um rápido bate-bole, após botar o papo em dia, fomos rapidamente acertando o setup. A coisa foi bem direta, sala Maragato, 4x12" Marshall JCM900A ao centro da sala, Mesa Boogie Dual Rectifier Road King como plataforma e, para o transporte, Shure SM57 sem transformador e o Cascade Gomez, enviando o sinal respectivamente ao Neve Amek Purepath CIB e ao Avalon VT737sp, Fulltone Fulldrive 2 Mosfet e daí sim, ferro na boneca! O Vítor havia preparado um solo novo para um dos temas e um pequeno trecho lead para outro. Alguns takes depois e voilá! Daí partimos para acertar os detalhes das mixagens, o que nos tomou um tempinho.
Pois bem, o "último" encontro sempre deixa um ar de saudades e esse não deixaria de ser diferente. Foi muito legal ter a oportunidade de realizar mais esse trabalho, foi muito bacana produzir à duas cabeças e foi uma honra ser escolhido pelos guris para tanto. Me orgulho do resultado, muito. Foi muito divertido produzir meu primeiro trabalho de punk rock, punk dos bons. Colhi ótimos frutos, fiz novos e bons amigos e como sempre, aprendi muito! Valeu gente! O rancho está sempre de porteiras abertas pra vocês!

P.S.: O trabalho ainda não terminou pois tem mais umas surpresas pro virem.

A correria é grande. A memória falha. Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!



Leia Mais…

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Violino!

Mazaaah!
Então... Foi nesse último domingo que recebi o amigo Fernando Tedesco aqui no rancho depois de meses de promessas e longos bate-papos hehe. Aproveitamos e assim matamos 2 coelhos com uma caixa dágua só! O Tedesco é multi-instrumentista. Toca harmônica, toca baixo, toca trompete, toca violino... Sim, e possui um belíssimo instrumento, de forma que o convenci a dar um pulinho aqui no rancho e registrar algumas trilhas num dos temas que estamos produzindo para a banda Mandala. Enviei a idéia de antemão para ele de forma que ao chegar aqui ele já tinha na ponta do arco a linha definida. Optei pela sala Maragato, queria uma ambiência grande, deixei a sala toda aberta e fiz o Tedesco ficar ao centro da sala. O Náná, vulgo Sasandro disse, "não põe válvula nisso!"... Não pûs. Peguei o Neumann U87ai e enviei o sinal ao Neve Amek Purepath CIB. Após ouvir um pouco o instrumento em algumas posições, optei por deixar o microfone "olhando" diretamente para o instrumento porém um pouco mais afastado. Ficou bonito e capturou um pouco da ambiência natural que eu queria! Daí foi fácil e em pouco mais que 30 minutos e o Tedesco já tinha gravado todo o material necessário! Daí foi hora de brincarmos plugando todo o arsenal de instrumentos que o Tedesco trouxe no Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head para que ele pudesse deliciar-se com o brinquedo. =)

Mais uma vez agradeço ao amigo pela gentileza de emprestar o talento e ceder o tempo para vir fazer a visita e o trampo! Valeu!

Forte abraço! Bring me sound and I'll make you music!








Leia Mais…

domingo, 21 de novembro de 2010

Feira da Música do Sul 2010.

Então.
Hoje, sábado, foi o último dia da 2ª edição da Feira da Música do Sul. Ano passado o IGAP expôs, o estúdio apoiou, tanto o estande do IGAP quanto o do pessoal de Viamão, mas fisicamente não pude comparecer ao evento. Este ano resolvi expor junto do IGAP e desde a quarta-feira estivemos por lá, na Casa do Gaúcho prestigiando o evento. Todos os dias. Das 17 horas até as 22 horas. Conheci pessoas legais, fortaleci e fiz novos contatos, e espero ter fechado algumas novas parcerias. A correria para preparar o material para a feira foi grande, assim como o tempo investido. Eu esperava ter plantado mais frutos mas como a terra fértil era pouca, aliás, muito pouca, vou cultivar bem os poucos que pude plantar.

Espero que curtam as fotinhos.
Abraços.














Leia Mais…

Idéias não pertinentes... (hehe)

Aeee,
foi nessa última sexta-feira, por volta das 13:30 horas que voltei a abrir as porteiras do rancho para receber mais uma vez por aqui o pessoal da banda Ladros, dessa vez representados pelo Vitor Ramires e pelo Gabriel Ramires. Como ainda estava envolvido com a função da Feira da Música do Sul 2010, assunto que abordarei no próximo post para não misturar as coisas, a função toda precisava ser bem objetiva, mas como o material que tínhamos para captar não era muito, e ambos os irmãos Ramires tinham as suas partes na ponta das respectivas palhetas, foi fácil e rápido. Missão? Captar algumas camadas extras de baixo e guitarra. Comecei pelo baixo. O instrumento do Gabriel estava com um sonzão, desde a primeira vez fiquei bastante impressionado com a sonoridade daquele LTD. O tema no qual tínhamos de captar as ideias extra possui uma pegada bem rock 'n' roll, de forma que fui direto plugando o baixo no Universal Audio LA610. Após achar a sonoridade que eu buscava, o resto foi barbada, pois o Gabriel já tinha todo o groove memorizado e mais uma vez ele aniquilou a pênis. Hora do Vítor. Peguei o Orange Tiny Terror, enviei o sinal à 4x12" Marshall JCM900A dentro da sala Maragato e fiz o transporte usando o Cascade Gomez plugado no Avalon VT737sp, gostei muito dessa combinação. Alguns ajustes e voilá! Senta a mão aí... E poucos takes depois... Missão cumprida! Agora sim, falta muito pouco para que possamos apresentar o EP da Ladros. =)

Hora de correr para a feira!
Forte abraço! Bring me sound and I'll make you music!







Leia Mais…

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Foi "encenada" uma largada!

...Então... No mesmo domingo este do post anterior, lá pelas 18 horas, aportavam aqui pelo estúdio o amigo Celso Zanini e o Marcos. O Celso vinha desta vez com uma missão diferente das tantas outras que já o trouxeram até o rancho audioFARM. Captar algumas trilhas guias para o projeto que estamos iniciando, enquanto que ao mesmo tempo essas trilhas servirão de guia para o ensaio das vozes do espetáculo, elas servirão também como um esboço de pré-produção para o trabalho... Ok, tá todo mundo boiando, então eu explico. Foi dada mais uma largada! Dessa vez é o projeto da banda Sanatório. Eu estarei assinando a produção musical de mais esse trabalho que será muito interessante. Toda a temática e sonoridade do trampo é muito característica, mas o que torna tudo muito especial é que o projeto integra um crossover artístico muito maior que o normal, pois ele trabalha em perfeita simbiose com o espetáculo de teatro Trago Sorte Mentira e Morte. Sim, banda + teatro, essa é a idéia. Então, de volta à parte musical e técnica da coisa. Como o Marcos tinha horário para retornar à civilização fizemos uma pausa na sessão dos guris da Start Select e aproveitando todo o setup, começamos a captar as trilhas de guitarra para os temas-guia, fazendo pequenos ajustes entre cada um dos temas. A coisa foi bem direta, fluída e simples. Os arranjos estavam bem definidos assim como o andamento, de forma que finalizamos a captação das trilhas do Marcos no tempo previsto! De volta aos guris da Start Select. Após finalizar a sessão deles, daí sim, foi vez do Celso. Ele aproveitou e gravou mais algumas trilhas de guitarra. Um baixo, que ficou muito interessante por sinal, e vozes. Para a textura de voz do Celso, após esta sessão, acho que já sei qual cápsula, sala e configuração vou utilizar visto o resultado, mas ok, ainda farei mais uns testes. Enfim, utilizei o Neumann U87ai enviando o sinal ao Avalon VT737sp e logo após ao Universal Audio 1176. Posicionados no centro da sala Maragato totalmente aberta a coisa toda ficou muito legal!
Graças ao Hôme lá de cima, o material têm finalidade de analise criativa apenas, pois lá pelas 5:30 da matina quando encerramos a brincadeira, ambos estávamos batendo biela hehe.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!












Leia Mais…