sábado, 11 de setembro de 2010

Uma meia-lua diferente...

Mazaaah!
Sabadão, dia de gravinear percussões! Pois é. Logo no início da tarde eu voltava a abrir as porteiras do rancho para receber o Igor Pacheco, muito bem acompanhado de sua excelentíssima, a Fernanda Bitarello, o Anderson Paraná e o mais novo amigo Marquinhos. Missão da sessão? Iniciar a captação de algumas percussões para o futuro álbum debut da dupla, mas para esta sessão precisávamos nos concentrar em resolver a parada de 3 temas em especial, pois possuem data de lançamento já marcada. Então como o tempo urge, bora!
Rapida apresentação, bate-bola e, como todo o time que está fazendo o trabalho são músicos talentosíssimos, o Marquinhos não seria diferente. Puta pegada, puta groove! Foi moleza. Começamos com um timbal, para o qual simplifiquei bastante. Manley Reference Cardioid nele. Enviei ao Avalon VT737sp, pouquíssima compressão, porque realmente não foi necessário e pronto! Lindo! Para as congas preparei um par de Shure KSM44 e enviei o sinal ao Focusrite ISA428. Pensei em por o Universal Audio 1176 e o BBE Sonic Maximizer 882i no insert de ambas, o 1176 mais pela sonoridade que pela necessidade de compressão, mas preferi moldar melhor a sonoridade do instrumento durante a mixagem quando tivermos melhor idéia da produção, de forma que me concentrei então em apenas fazer o transporte da sonoridade. Daí, como eu disse, foi moleza. O Marquinhos moeu a pau e rapidão fomos completando as linhas para os temas. Ainda fizemos a captação de um shekerê, um pandeiro e alguns caxixis, para estes, continuei com o Manley como cápsula, mas enviei o sinal ao Neve Amek Purepath CIB, principalmente porque com estes eu tinha uma idéia mais definida da sonoridade buscada, e aproveitei as curvas do EQ Neve que me permitiriam maiores capacidades cirúrgicas para molda-los. Mas foi daí que veio o ponto alto da sessão... E a inspiração pro título do post. Uma baita surpresa! Bora gravar meia-lua... Daí que o Marquinhos puxa uma pandeirola da LP de 30 anos de idade, toda enferrujada... Resmungou alguma coisa... E acreditem, cheia de personalidade! 2 dos 3 temas que precisávamos acertar possuem uma pegada bem rock'n'roll, de forma que quando ouvi aquela meia-lua "suja", meio (bem) lo-fi e "roncando", sim, "roncando"! Não tive dúvidas. Mandei o sinal ao Universal Audio LA610, saturei muito e tava lá! Uma meia-lua muito rock, saturada, quase distorcendo... Lindo! Quase que catei o Cascade Gomez para fazer essa captura, mas daí lembrei que eu precisaria do brilho e "ar" que só as coisas "All Things Manley" conseguem. Assumo que fiquei com inveja e com aquele sentimento de "porque não achei esse som de meia-lua antes" hehe. Mais um dia que capturei um som novo pro meu eterno aprendizado e deleite! Adoro essas coisas... Grande prazer em receber o novo amigo por aqui e vejo-os novamente muito em breve!

E foi isso por hoje, bom gravar de novo depois de uma longa temporada de mixagens e masterizações hehe.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

0 comentários: