terça-feira, 28 de setembro de 2010

audioFARM Productions Podcasts!

Acabou de sair... Fresquinho do forno o podcast de estréia da audioFARM Productions. O projeto idealizado há algum tempinho finalmente sai da idéia para o plano real. Vai correndo ao blog da audioFARM Productions e ouve lá rapá!

http://audiofarmprod.blogspot.com

Forte abraço!
Mooooooo!

Leia Mais…

sábado, 25 de setembro de 2010

O Super Classman!

Azaaaaaah!
Pois então, por motivos técnicos ontem não pude postar, esse post deveria ter ido ao ar ontem, mas enfim, aqui vamos nós!
Aqueles que o conhecem sabem que o amigo André Serrano é louco... No bom sentido claro, mas ainda assim louco... A loucura dele, unida à minha e à todas as experiências à que submeti o meu fiel Classman 25 EL34 Custom Head culminaram em algumas surpresas... Eu explico. Com o passar do tempo eu fui anotando algumas sugestões que seriam muito úteis ao Classman. O Serrano pegou e pôs em prática essas modificações... Mas ele fez mais que isso. Para um melhor entendimento do que ele fez vou fazer uma breve descrição "meio técnica" da coisa hehe. O Classman serviu de base, e como protótipo, para o desenvolvimento do novo amplificador que a Serrano Amps estará apresentando em breve, trata-se do Victory SE, ou curta e grossamente, o atual amplificador Victory porém com sessão de power amp em single ended. Mas agora é que vocês entenderão minha felicidade. O que ocorre é que o meu Classman é agora o "Super Classman". Ele ganhou um controle extra de presence, maior controle e precisão na equalização da região dos graves, um controle de nível de sinal do loop passivo (preamp out) E... Agora sim... E... Um sistema de loop de negativação!!! Sim. Para poder fazer os testes para o Victory SE o Serrano precisaria instalar um loop de negativação, e foi o que ele fez, porém, não satisfeito, e para não alterar o circuito do Classman original, um amplificador single ended classe A SEM loop de negativação, ele pôs um controle onde eu posso escolher acionar o loop de negativação ou não!!! E, como o Classman é um amplificador que pode mutar sua atitude de acordo com a combinação de válvulas usadas nos estágios de pré-amplificação, ele ainda adicionou ao controle do loop regulagens para os diferentes tipos de válvulas que eu possa vir a usar! SIM, o "Super Classman" é agora simplesmente zilhões de amplificadores (single ended) em um só! Alma e atitude! \o/ Eu queria deixar claro aqui o porque fico muito feliz com tudo isso e acho que sei como resumir. Vamos lá, para um amplificador de uso "extremamente específico e único", o Classman, mesmo antes dessas modificações, trabalhou em quase todos, senão em todos, os projetos que tive em mãos, em todas as praias imagináveis, sertanejo, reggae, rock'n'roll, nativista, heavy metal, BAIXO, SIM, gravou baixo, pop rock, blues... Fazendo o trabalho com louvor e abocanhando pelo menos 60% de todo material que tenho gravado. Para um amplificador de uso "extremamente específico e único", foram poucas as ocasiões onde ele não pode competir. Agora, todas as possibilidades anteriores, mudança de atitude com as válvulas de pré-amplificação, mudança das válvulas do estágio de power, unidas aos controles novos... O resto deixo à imaginação dos que são tão apaixonados como eu por essa coisa toda. André Serrano sou teu fã, amigo e aprendiz! Muito obrigado pela confiança e presente!

Um forte abraço!
Life's too short for bad tones!

Leia Mais…

sábado, 18 de setembro de 2010

Reformando a sala Chimango parte 2.

Aeee!
Atrasado e não muito técnico... ainda... mas tão importante quanto.
Vamos nessa, falo das reformas nos complexos do rancho audioFARM, mais precisamente nesse ponto, da sala Chimango. Semana passada mais um passo foi finalizado já que o Eduardo Sarrafo, vulgo Capanga, finalizou mais dois ajustes importantíssimos. A acústica da sala começa a demonstrar o resultado das modificações feitas até então e a se aproximar do que foi objetivado para essa nova etapa. Ainda não é hora de realizar testes e medições minuciosas mas estamos chegando lá e daí sim vem a fase dos ajustes. O próximo passo é o mais complicado e demorado, o teto. Muito em breve começam as reformas na parte exterior do complexo também, além das reformas na sala Maragato. Então aguardem que vem mais coisa por aí! =)

Um forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Vozes com Igor e Anderson Paraná Parte 2.

Domingueira... Tempo cinza e chuvoso. "Perfeito" para trabalhar. Pouco depois do início da tarde e eu abria as porteiras do rancho para voltar a receber a dupla Igor Pacheco e Anderson Paraná, acompanhado de sua excelentíssima. Missão da sessão? Capturar e acertar algumas vozes e de quebra alguns violões. Mas vamos por partes. Como eu já estou familiarizado com a textura de voz do Anderson, fui direto buscar o recall sheet da última sessão onde capturamos sua voz. Sala Maragato, Manley Reference Cardioid, Neve Amek Purepath CIB e o Universal Audio 1176. Regulagem de praxe, um primeiro estágio de compressão para estabilizar o sinal de voz e um segundo estágio para domar os picos... Resultado? MUITO punch! E daí era hora de gravar. Não muitos takes depois e o Anderson já tinha registrado todo material necessário. O Igor teve a idéia de levar sua viola e aproveitar a viagem para registrar algumas trilhas de violão. Como nosso tempo é curto, a idéia foi ótima. Com cordas novinhas em folha e com as idéias frescas na cabeça, rapidão ajustei o posicionamento da cápsula, mandei o sinal ao Avalon VT737sp, fiz os ajustes e bora. O Igor passou algumas vezes as linhas e hora de gravar... E lá pelas 23:30 horas encerrávamos a sessão com a missão cumprida!

E foi isso!
Um forte abraço! Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…

sábado, 11 de setembro de 2010

Uma meia-lua diferente...

Mazaaah!
Sabadão, dia de gravinear percussões! Pois é. Logo no início da tarde eu voltava a abrir as porteiras do rancho para receber o Igor Pacheco, muito bem acompanhado de sua excelentíssima, a Fernanda Bitarello, o Anderson Paraná e o mais novo amigo Marquinhos. Missão da sessão? Iniciar a captação de algumas percussões para o futuro álbum debut da dupla, mas para esta sessão precisávamos nos concentrar em resolver a parada de 3 temas em especial, pois possuem data de lançamento já marcada. Então como o tempo urge, bora!
Rapida apresentação, bate-bola e, como todo o time que está fazendo o trabalho são músicos talentosíssimos, o Marquinhos não seria diferente. Puta pegada, puta groove! Foi moleza. Começamos com um timbal, para o qual simplifiquei bastante. Manley Reference Cardioid nele. Enviei ao Avalon VT737sp, pouquíssima compressão, porque realmente não foi necessário e pronto! Lindo! Para as congas preparei um par de Shure KSM44 e enviei o sinal ao Focusrite ISA428. Pensei em por o Universal Audio 1176 e o BBE Sonic Maximizer 882i no insert de ambas, o 1176 mais pela sonoridade que pela necessidade de compressão, mas preferi moldar melhor a sonoridade do instrumento durante a mixagem quando tivermos melhor idéia da produção, de forma que me concentrei então em apenas fazer o transporte da sonoridade. Daí, como eu disse, foi moleza. O Marquinhos moeu a pau e rapidão fomos completando as linhas para os temas. Ainda fizemos a captação de um shekerê, um pandeiro e alguns caxixis, para estes, continuei com o Manley como cápsula, mas enviei o sinal ao Neve Amek Purepath CIB, principalmente porque com estes eu tinha uma idéia mais definida da sonoridade buscada, e aproveitei as curvas do EQ Neve que me permitiriam maiores capacidades cirúrgicas para molda-los. Mas foi daí que veio o ponto alto da sessão... E a inspiração pro título do post. Uma baita surpresa! Bora gravar meia-lua... Daí que o Marquinhos puxa uma pandeirola da LP de 30 anos de idade, toda enferrujada... Resmungou alguma coisa... E acreditem, cheia de personalidade! 2 dos 3 temas que precisávamos acertar possuem uma pegada bem rock'n'roll, de forma que quando ouvi aquela meia-lua "suja", meio (bem) lo-fi e "roncando", sim, "roncando"! Não tive dúvidas. Mandei o sinal ao Universal Audio LA610, saturei muito e tava lá! Uma meia-lua muito rock, saturada, quase distorcendo... Lindo! Quase que catei o Cascade Gomez para fazer essa captura, mas daí lembrei que eu precisaria do brilho e "ar" que só as coisas "All Things Manley" conseguem. Assumo que fiquei com inveja e com aquele sentimento de "porque não achei esse som de meia-lua antes" hehe. Mais um dia que capturei um som novo pro meu eterno aprendizado e deleite! Adoro essas coisas... Grande prazer em receber o novo amigo por aqui e vejo-os novamente muito em breve!

E foi isso por hoje, bom gravar de novo depois de uma longa temporada de mixagens e masterizações hehe.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…

domingo, 5 de setembro de 2010

Vozes para o Maria Fumaça.

Mazaaah!
Foi nessa última sexta-feira que voltei a receber por aqui o grande Betinho Braga do Maria Fumaça. É sempre legal receber ele por aqui, pois além de um cara muito legal ele ainda irradia uma aura de bom humor hehe. Nas últimas vezes que o Betinho esteve aqui pelo rancho eu acabei não conseguindo bater fotos visto que dessa vez eu não podia deixar passar. Nossa missão? Gravar vozes. Na verdade, iniciamos os trabalhos na quinta-feira onde realizamos a captação da maioria das trilhas, de forma que nessa sexta a coisa foi muito fácil e rápida, registramos o material que ficou faltando e seguimos para as edições, correções e seleções, assim, acredito que em não mais que dois encontros poderemos dizer missão cumprida. A parte técnica da coisa foi fácil, a primeira vez que o Betinho veio até aqui, há alguns meses atrás, fizemos a captação de alguns takes para um tema, e naquela ocasião pude testar e acertar o casamento de sala, cápsula, periféricos e regulagens, de forma que dessa vez, fui direto ao recall sheet da última sessão. Sala Maragato com uma ambiência bem aberta, Manley Reference Cardioid, Neve Amek Purepath CIB e finalmente Universal Audio 1176. Uma boa atenção aos estágios de compressão e pronto. Daí foi barbada, uma vez que o Betinho é estradeiro e sabe muito bem o que quer e como fazer.

E foi isso!
Um forte abraço. Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Enfim... Nasce um CD!

Então, foi nessa última terça-feira que voltei a receber a trupe do Cartel da Cevada. Lá pelas 23 horas abriam-se as porteiras do rancho para receber o Nando Rosa, o Igor Assunção, o Richard Zimmer e o Santto. Missão? Registrar um tema surpresa bem especial hehe. Pois bem, para que possam entender as fotos eu explico. Voltando 9 meses no tempo, durante as pré-produções, apareceu um tema... Registramos a idéia e bola pra frente. Depois de ouvir ficou claro que para que o tema funcionasse ele deveria seguir aquele mesmo clima... Gravado ao-vivão, na mesma vibe, e, de certa forma, com a mesma sonoridade e qualidade meio lo-fi da pré-produção, tanto que, durante os meses que se seguiram com o trabalho, ficamos postergando a gravação do tal tema pois ainda rolava um sentimento de tentar usar a pré-produção ou parte dela. Quando terminamos tudo porém, percebemos que não existiria a chance de usar tal registro, e com a pressão de finalizar os demais temas, a missão de hoje foi sendo adiada... Mas finalmente lá estávamos, na última terça, para re-registrar tal tema, tentando recriar de forma fiel aquela mesma idéia original. Então, lá estávamos, guitarras e voz... Ao-vivo, tudo dentro da mesma sala. Optei pela sala Maragato pelo espaço, criei um pouco de controle para a captação do sinal das guitarras "isolando" o amplificador e a caixa com alguns biombos. Para a voz optei pelo Shure KSM44 e para a guitarra o Cascade Gomez. Os sinais foram enviados respectivamente ao Avalon VT737sp e ao Neve AMEK Purepath CIB. Utilizamos o Orange Tiny Terror e a caixa 4x12" Marshall JCM900 e foi isso... Sem edições, sem tratamentos e meio que free-timing... Voz e as duas guitarras. Re-nascia o tema de uma forma muito especial. Óbvio que tomamos cerveja, conversamos e rimos. Pusemos o papo em dia e ainda ajustamos a declamação do Pelotas para um dos temas... Mais uma surpresa. =)

E agora sim... Como já disse aos guris... Parabéns! É um CD! hehe.

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…