quarta-feira, 21 de julho de 2010

Batuca, balança e "fuma" com a Skabout.

Mazaaah! Segunda-feira foi um dia longo com diversas atividades, porém, foi lá pelas 21 horas que começou a sessão fotada do dia. Estava eu em meio a uma mixagem aguardando o povo quando aportou por aqui Felipe Grahl, André Lobo e o Alemão Miguel, trazendo consigo um arsenal de brinquedinhos de bater e balançar hehe. Pois é, era dia de captar percussões para o futuro EP da banda Skabout. A sessão seria longa pois tínhamos bastante material para gravar. Batemos aquele papo, traçamos o plano, discutimos as ideias e partimos para a empreitada. Acabei optando pela sala Maragato para toda a sessão, porém acabamos montando o setup em diversos pontos diferentes para os diversos instrumentos que gravamos, ajustando o posicionamento e os rebatedores para ajustar a sala e a ambiência para que a acústica trabalhasse em função da textura de cada instrumento, e ficou muito legal! Começamos com as congas, para cada uma delas, preparei o combo Shure KSM44 + Sennheiser MD421II, ambos enviando o sinal aos Focusrite ISA428. Rapidão acertamos o som, a ambiência e era hora de meter ficha. O Alemão se puxou e rapidão tínhamos o material necessário. Hora do djembe, e para ele, mesma seleção de microfones. Novamente o Alemão matou a pau e rapidão passamos aos bongôs, último instrumento de bater hehe. Para os bongôs fiquei apenas com o par de KSM44. Hora de fazermos uma pequena pausa e montar o próximo setup. Dessa vez era hora das coisas de balançar hehe. Montei o Manley Reference Cardioid em um ponto bem vivo e brilhante da sala, porém sem muita reflexão direta, o que ficou muito bonito. Mandei o sinal ao Avalon VT737sp, equalizei bastante ar para dentro sinal no grupo de instrumentos que não tinham plástico ou metal, como o tamboreco-ganzá que ganhei do Sasandro e os caxixis. O Alemão ainda gravou meia-lua, shaker e diversos efeitos, como um par de queixadas, guizos, carrilhão, entre outros. Mais uma alteração de setup se seguiu e hora de gravar o set de cowbells e blocks. Aqui optei pelo Manley novamente mas mudei o sinal para o Neve Amek Purepath CIB pois eu queria a sonoridade dos botões de médios do EQ do Neve. A daí sim, após registrar mais algumas trilhas, lá pelas 3 horas da matina, declarávamos missão cumprida! =)
Agora tenho bastante material na mão para meu deleite hehe. O pessoal saiu daqui faminto e correndo para a longa viagem até Esteio. Hehe, mas antes, deixem-me contar um dos pontos altos da noite. Como sempre, em meio a muito bom humor, não lembro exatamente como, provavelmente enquanto faziam brincadeiras com o trocadilho "pó de dançar", surgido de uma mutação do nome de um dos temas da banda, "pode dançar", os guris acharam no meio das percussões meu agogô de madeira e obviamente, de imediato enxergaram nele um cachimbo duplo hehe, as piadas que seguiram daí obviamente renderam fotos e até vídeo hehe, como a última fotinho.

E foi isso! Um forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

0 comentários: