sexta-feira, 4 de junho de 2010

Canta passarinho! hehe.

Tô me puxando nos título hoje! =)
...A quinta não tinha acabado ainda não... Enquanto acertávamos alguns dos últimos detalhes com a Chapo Punks, aportava aqui pelo rancho o Lucas Restori para dar início as gravações de voz do que por aqui ficou conhecido como projeto Valentin. Hehe, e o moço veio armado. Após um longo bate-papo, pois desde nosso último encontro faziam 2 semanas, não que não tivéssemos falado durante esse tempo, mas "téte-a-téte" é sempre outra coisa, era hora de começar. Papo em dia, bora ouvir o material, que como agora encontra-se todo editado, o moço táva ansioso e curioso... E com razão hehe. Após a audição, hora de preparar o circo. Eu já tinha uma boa idéia de como eu queria fazer a captação da voz do Lucas. Durante as pré-produções pude ouvir bem como soava a voz dele tanto na sala Chimango como na Maragato. Além disso ainda pesei bastante o fato de que pretendo não gerar ambiência para a textura de voz dele e deixar para gerar somente os reverbs mais coloridos e os que não posso captar naturalmente. Logo, em um primeiro momento, optei pela sala Maragato e procurei preparar uma ambiência com tamanho médio, RT60 curto e densidade moderada. Uma sala que enfatizasse mais a região médio-grave do espectro. Se eu tivesse que resumir, uma ambiência estilo room e curta. Ficou muito bonita. A seleção de microfone para esta sessão óbvio, Manley Reference Cardioid. Já o pré-amplificador... A briga daí sim foi de foice e no fim das contas, para cada tema, a combinação mudava, assim como a forma e o posicionamento para o Lucas cantar, os ajustes de equalização e compressão e o uso ou não do pop-filter Steadman Pro Screen XL. Ao fim da sessão, os temas alteraram entre o Avalon VT737sp e o Neve Amek Purepath CIB, ambos com um segundo estágio de compressão passando por um par de compressores Universal Audio 1176. O resto foi fácil, o Lucas caprichou na interpretação, mandou muito bem e rapidão havíamos matado quase 1/3 do material. Joguei muito com o efeito de proximidade da cápsula do Manley e com a boa pronúncia e controle das partes sibilantes que o Lucas têm, e assim fizemos um puta som de voz! Gostei foi é muito! 2:30 da manhã acusava o relógio quando demos por encerrada a missão. Bora dormir que sábadão tem mais!

Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

0 comentários: