segunda-feira, 22 de março de 2010

Émerson e Tiago gravando vozes.

Mais ààà!

Vô dá início a esse post, mas quem vai completá-lo vai ser o Sasandro por um motivo simples...
Como disse no post anterior, 8:30 da manhã deste sábado e eu pregava o olho. Ás 10 da manhã chegariam o pessoal da dupla Émerson e Tiago, mais o Sasandro, para realizar a captação das vozes para 2 dos temas da dupla... 10:30 e eu acordo aos berros... Meu Deus pensei! Cadê o Sandro. 110% zumbi, levanto rapidamente, recebo e instalo o pessoal, ainda tentando descobrir em que planeta eu me localizava hehe, explico minha sonolência completamente sem graça e, ainda tentando descobrir o que ocorria, recebo com muito bom humor a "tranquilizante" notícia, "fica tranquilo Mateus, o Sandro ligou quando estavamos à caminho. Deu um treco no gagomóvel e ele vai se atrasar...". Bem, lavei o rosto, pusemos uma carne no fogo e aproveitei para realizar mais algumas edições do material do pessoal enquanto aguardávamos a chegada do Sasandro para começar a acertar o som de voz, uma vez que, com o estado sonolento do meu cérebro eu não arriscaria a saúde da empreitada. E de fato, como eu disse, não tem essa de uruca pras bandas de cá. Lá pelas 14 horas chegava o Sasandro... E agora ele completa o post porque fui reto desmaiar em minha cama que nunca esteve tão linda, macia e convidativa!

---

A parte do gagomóvel foi a melhor,  pois é, o pobre Uninho sucumbiu a minha mega velocidade de subida da lomba da Manuel Elias, mas tudo bem, segunda- feira ele já vai estar novinho em folha e melhor do que nunca...
Quanto a gravina de voz da dupla Émerson e Tiago, foi muito tranquila, pois o set já estava montado devido ao Mateus ter gravado voz na noite passada, então foi moleza... o Manley Reference Cardioid ligado ao Neve Amek Purepath CIB e em seguida ao Universal Audio 1176, como segunda opção, o Rode K2 ligado ao Universal Audio LA-610 e em seguida ao outro canal do 1176. Estou bem tendencioso em usar o sinal do Manley, pois o som, o brilho da voz ficou algo muito "gringo", sem falar na compressão em cadeia, a voz ficou simplesmente enorme e rachando a musica ao meio.
Depois da saída do povo de Três Coroas, eu e o Mateus começamos a destruição da sala Farrapos. Isso mesmo, nós literalmente botamos todos os equipamentos abaixo e em dois toques, a sala Farrapos estava completamente vazia, pois durante o domingo, e toda a segunda-feira, a sala estará sendo reformada. As paredes receberão nova pintura, o piso irá receber um trato especial e a iluminação será incrementada para que na terça-feira, seja instalado o móvel novo da técnica. Enfim nossos equipamentos vão ter um rack à altura do som que eles nos dão... Mas isso é assunto para outro post, o post de inauguração da nova sala Farrapos e todas as vantagens que esta "singela" modificação acerratará.

Abraços!






















0 comentários: