sábado, 29 de agosto de 2009

Orange Tiny Terror

O Terror Minúsculo Laranja!!!!
Hehe, pois é, o arsenalFARM acaba de aumentar com a adição de um cabeçote de guitarra. Agora foi a vez do clássico britânico Orange Tiny Terror. Este minúsculo amplificador de 15w classe A e "pure tube" agora é mais uma das "armas" disponíveis no audioFARM.

Espero que vocês curtam!
Forte abraço!
Bring me a pig and I'll give you FEVER! ><






Leia Mais…

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Serrano Amps: Supreme Parte II

Mazaaah!
Pois é, como prometido, segue um pequeno videozinho de demostração do mais novo amplificador da linha "Optimum Design" da Serrano Amps, o Supreme.

Desde já ficam os agradecimentos ao Bicho Feio, também conhecido como Mauricio Maciel, ao André Serrano e obviamente ao meu brother Leo James da banda Draco.
Espero que gostem! E mais Serrano Amps aqui e aqui.

"O "Supreme" é uma criação da Serrano Amps com vistas à melhor forma de resgate dos timbres dos amplificadores vintage de guitarra dos anos 50 para palcos maiores. Utiliza para isto um estágio de potência com duas válvulas 6L6GC operando em classe AB push-pull em um circuito sem realimentação negativa.

O Supreme é um amplificador que retorna agora fazendo parte da inha "Optimum Design".
Para saber mais sobre esta linha clique aqui

O resultado dsete tipo de estágio de potência estilo anos 50 é de uma grande dinâmica na obtenção dos timbres ficando isto evidenciado na alternância da intensidade de ataque às cordas da guitarra.

O Supreme utiliza um pré-amplifciador com mais recursos de equalização do que seus antecessores, sendo assim mais amigavel à diversidade de captadores. A bem da verdade o Supreme é um amplificador que nasceu da experiência de se construir um amplificdor que possuísse um pré-amplificador estilo anos 60 com um estágio de potência dinâmico da década de 50. Ambos dentro do padrão Fender, mas nunca antes experimentadas pelo próprio Leo Fender.
O resultado foi a grata surpresa de um amplificador que esbanja dinâmica perfazendo desde timbres limpíssimos até o rock clássico apenas com a mudança na intensidade de ataque às cordas da guitarra. Estes conceitos de estágios de pré-amplificação com EQ em potências sem loop de negativação seriam mais tarde empregados em amplificadores tais como Vox e Matchless.
As 6L6GC, por sua vez, somadas aos conceitos consagrados utilizados na criação do Supreme, colaboram para que seja um amplificador até então único no universo da guitarra.
Eis aqui, portanto, um amplificador que possui sua própria identidade e cuja magnitude surpreende sempre sem nunca ser cópia um similar a outro já feito.
Ele é Supreme.
"

Forte abraço!
Life's too short for bad tones!

Leia Mais…

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Draco. Contramão.


Mazaah!

Já na preparação para o aguardado lançamento do álbum debut da banda Draco, intitulado Contramão, e que deverá já estar à venda próximo do fim do mês de setembro, deixo um "cheirinho" do prato todo aqui, hehe. Em outras palavras, para os amigos que ainda não tiveram a oportunidade de conferir o trabalho, vocês já podem matar a curiosidade/ansiedade, ouvindo e/ou fazendo o download de algumas das músicas do futuro álbum no nosso jukebox! O disco foi um longo e bem sucedido trabalho produzido, gravado, mixado e masterizado por mim nos estúdios audioFARM.

Agora é contagem regressiva...
Mais Draco em www.myspace.com/dracorock
Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!

Leia Mais…

sábado, 22 de agosto de 2009

I WIN!! Mateus 1 x 0 TV

HAAAAAA!
SIIIIM!! =D
Deixem-me explicar porque este post é MEEEGA musical pois para o bom entendedor meia...

Após finalizar os compromissos de hoje (sexta), e preparar os de amanhã (sábado), nada melhor que uma TVzinha pra relaxar... O problema é que a TV não vinha no baile, e quando vinha, a imagem ficava indo e vindo como se alguém estivesse brincando em um interruptor de luz. Pois bem, puto-da-cara, próximo de apresentar à TV o meu lado menos gentil, começei a ouvir estalos dentro da mesma... Mas sem dúvida nenhuma chamei a infeliz na fenda e ali estava, na maior cara de pau, um resistor se estalando todo com faíscas pra todo lado. Obviamente não tenho em casa alicate de corte ><. Vai cortador de unha mesmo. Cortei fora o infeliz, mas antes que eu pudesse pegá-lo para identificar a peça, ele simplesmente entrou no "hyperspaço" e desapareceu!!! Oo Perdi no mínimo 20min procurando a me***. Quase em ponto de fusão resolvi investir então as últimas migalhas de paciência abrindo o computador e logando na internet para catar o esquema elétrico da infeliz. 45min depois achei!!! Credo... Mais uns 20min pra conseguir achar a porra do resistor de número 3573 no esquema, pois esse era o número que estava escrito na placa onde cortei o defeituoso fora. Uma vez achado, ao seu lado havia somente o número "470". PORRA. Sasandro gago dormindo. Lucas Borne offline. Tiago "Bilau" Bolick desaparecido... SERRANO! SERRANO nunca dorme! \o/
Liguei pro amigo e alguns minutos depois desliguei com a sentença "amarelo, violeta, marrom e dourado ou prateado". Feito, dei de mão fenda e bora trucidar a TV-velha-que-não-liga-há-mais-de-ano. 30min depois, volto à minha TV com 3 candidatos à resistores hehe =P. Sorteei um, me grudei na solda que estava aqui em casa ( Oo ), sim, também não sei porque... Destino talvez hehe... Maldita cachaça dos inferno!!! Levei uns 15min pra soldar a porra do componente por causa da tremedeira dos inferno e enfim...

I WIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIN!!!!!!
=D

Eu falei a pouco tempo atrás que cansei de esperar por técnicos em eletrônica!
Abraços!
Bring me components and I'll fix TVs!




Leia Mais…

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Mazaaah!

"Mateus, isso aqui não é casa da mãe Joana, posts musicais por favor".
Hehe, concordo, porém, muito da essência desse pequeno cantinho que chamo de "meu estúdio" foi criado sobre conceitos e valores enraizados em minha essência e por isso não consigo faltar com eles, pois de certa forma, são mais que musicais, ao menos aos meus ouvidos.

"Do que tu tá falando maluco?" Os amigos poderiam perguntar hehe, pois bem, falo de consideração, da explicação não-necessária para certas atitudes, mas nesse caso, para explicar a foto abaixo, foto de um companheiro que me mandou pois deve ter lembrado "O Mateus vai ficar faceiro!". Dudu Rimolli em ação com a Crazy Guns no Art & Bar. Como outros que carrego no coração, agradeço!

Eras isso! Forte abraço!
Bring me work 'cause I need to buy more equipment! =P

Leia Mais…

sábado, 15 de agosto de 2009

Pianos e FX da Cura, parte II

Ae!
Como prometido, nessa sexta-feira abri os trabalhos recebendo novamente Davidson e Maicon da banda A Cura para finalizar a captação das seções de efeitos para o álbum debut da banda, que agora sim chega à reta final.
Começamos o a sessão registrando mais algumas trilhas de guitarra. Iríamos captar algumas camadas 'lead' e para estas eu não queria utilizar nenhum tipo de reverb digital, ao mesmo tempo eu não queria uma sala muito densa, na verdade, eu queria uma sala aberta porém com muito pouca densidade e por isso acabei optando pela sala Maragato. Após posicionarmos o Serrano Amps Classman 25 EL34 Custom Head, optei por utilizar a sala totalmente aberta e posicionei um Shure KSM44 à uns 20 cms da tela do amplificador, levemente fora de eixo, com a cápsula atenuada e em padrão 'omni'. "Ué? Porque não usou um microfone de ambiência misturado à um 'close' mic como de costume?" Bem, a impressão que eu tenho é que usando um 'close' mic e um mic de ambiência eu tenho uma sala com 'early reflections' mais pronunciadas, enquanto usando um 'close' mic em padrão omni e dosando a distância e posicionamento do amplificador, eu consigo uma sala com um 'tail' mais pronunciado. Por último, optei pelo uso de um microfone FET para a tarefa pois eu já tinha uma cadeia com harmônicos beeeem pronunciada, e um condenser de diafragma largo à um dinâmico do mesmo estilo pelo detalhismo e extensão de captação do espectro, principalmente nas altas, pois eu queria o "ar" da sala. Este sinal foi mandado ao Avalon VT737sp e bastante tratado ali, pude saturar bastante o sinal e obter uma boa dose de compressão e bastante corpo devido à atuneação da cápsula do microfone. Mais tarde, para outras linhas, das quais eu não queria o som "amp+sala", adicionei finalmente o clássico Shure SM57, levemente fora de eixo, mandando seu sinal ao AMEK CIB, também com bastante trato. Em ambos, dependendo das trilhas que registrávamos, faziamos pequenas alterações na timbragem do amplificador, da cadeia de efeitos, que incluiam um Line 6 POD XT Live e o Boss Turbo Distortion DS-2, e/ou na seleção de captadores da guitarra, que para a sessão foi minha Epiphone Les Paul Signature Slash.

E não foi só isso. Terminada a captação das guitarras, mudamos de sala, montamos um pequeno "vocal booth", posicionamos um KSM44 sem nenhum pop-filter dentro do cubículo, e terminamos a madrugada captando algumas trilhas de backing vocals com o auxílio do Universal Audio LA-610.
Hehe, e tivemos boas surpresas com a "experiência", e o sono nos presenteou com algumas pérolas do humor audioFARMEANO já tradicional por essas bandas hehe.

No mais eras isso, mais amanhã... Ou hoje! =P
Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!














Leia Mais…

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Bailando com a Eridanus

Argh, vai dizer... Eu me puxo nos títulos! hoeohehoe
"Bailando de máscaras com a Eridanus" faria mais sentido... Como diria o amigo, enfim...
Nexta quinta, após finalizar a mixagem do show da banda Estive Raivoso, gravado ao-vivo no Eclipse Studio Bar, voltei a receber a tuma da Eridanus para mais uma noite (e início de dia) pré-produzindo o futuro EP da banda. Hoje, Matheus, Roger, Andi, Sérgio e Paty trabalharam o tema mais "casca grossa" dessa empreitada e posso afirmar, missão cumprida! =)
"Só?" Já percebeu que é retórica né? Por que se essa pergunta te passou pela cabeça é porque já conhece o pessoal e portanto já sabe a resposta. ;)
Infelizmente, não é possível descrever com exatidão o teor da piada da sessão sem fazer com que ela perca o charme hehe, deixo então apenas o cheirinho da comida...

Mais amanhã!
Forte abraço!
Bring me sound and I'll make you music!






















Leia Mais…

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Pianos e FX da Cura, parte I

Aee!
Depois de algumas semanas voltemos a receber Toddy, Maicon, Andril e Davidson para o registro do que posso chamar de últimos detalhes do disco. Dessa vez porém, quem trabalhou foi Klayton Cordeiro. Hehe, pois é, com as mixagens já resolvidas, desta vez tivemos o prazer de tirar o couro do amigo e fazê-lo emprestar o talento para o registro de algumas linhas MIDI que empurrarão nossos pianos e outros efeitos. Numa noite muito agradável e divertida, finalizamos a parte I dos últimos passos para o disco debut da banda A Cura.

Curtam as fotrinhos e mais A Cura na sexta!
Forte abraço!
Bring me shoes 'cause now I CAN USE 'EM!!!!!!!!! =D \o/





Leia Mais…